Avenida da Boavista e Praça Gonçalves Zarco, nos anos 50. (Porto)

sábado, 29 de dezembro de 2012

Imagens de grande dimensão, clique para as ampliar
Dos arquivos da Fotografia Alvão, dois magníficos clichés, que nos permitem visualizar, numa perspectiva aérea, o aspecto que possuía nos inícios dos anos 50 do séc. XX a avenida da Boavista, na zona (aproximadamente) compreendida entre a conhecida avenida Marechal Gomes da Costa e a praça Gonçalves Zarco, mais conhecida por "rotunda do Castelo do Queijo". 
São visíveis inúmeros pormenores como (na imagem de cima) o campo de futebol do Foz, o monte das alminhas ou a antiga escola primária. A avenida da Boavista possuía árvores no seu separador central. 
O aglomerado de viaturas perceptível na fotografia de baixo, que enquadra a praça Gonçalves Zarco é facilmente explicável, tendo em conta que a mesma teria sido obtida durante a durante a realização do Grande Prémio de Portugal, em 1950. O Porto de Leixões e a praia de Matosinhos aparecem em ambas as imagens.

Capela ou "antiga Igreja" do Senhor do Bonfim. (Porto)

A capela ou antiga igreja do Senhor do Bonfim, com o aspecto que possuía por volta de 1862.
Clique nas imagens para as ampliar
No local actualmente ocupado pela igreja paroquial do Bonfimdedicada ao Senhor do Bonfim e da Boa - Morte, existia já uma capela desde 1786
A igreja que actualmente conhecemos foi construída por causa da inaptidão da sua antecessora, numa freguesia onde a população aumentava, tornando-se necessário construir uma igreja de maiores dimensões que respondesse ao número crescente de crentes.
 Capela do Senhor do Bonfim, vista do cemitério - Frederick William Flower
O mesmo cliché, obtido a partir do cemitério
Pelo que apuramos a  capela que vemos nestas imagens seria já uma segunda capela, maior que a primitiva. A escadaria actual em granito teria sido construída entre 1805 e 1813, quando já existia esta mesma segunda capela. 
Gravura publicada no "Archivo Pittoresco" no ano de 1862
A capela ou "antiga igreja" visível nas imagens de cima, foi demolida e substituída pelo templo actual, começado a construir em 1874 e concluído em 1902.
A igreja «nova» do Bonfim (em baixo) numa imagem de 1910. 
As aparentes semelhanças com a sua antecessora, são ilusórias
Igreja do Bonfim, BPI


Imagens: 
- Casa Alvão
- Frederick William Flower
- Archivo Pittoresco
- Edições Alberto Ferreira
- AMP